O artigo “Privacidade e tecnologia 5G” dos sócios André Damiani, Marina Dias e Diego Henrique foi destaque no Valor – 31/07/2020

O Brasil tem um grande desafio pela frente, que é conter abusos para se beneficiar dos avanços que a tecnologia 5G oferece.

A pretexto de facilitar a vida de seus usuários, as primeiras gerações de tecnologia móvel – exploradas pelos Estados Unidos desde a década de 1950 – introduziram na rotina das pessoas mecanismos digitais de coleta e compartilhamento de informações sobre o comportamento humano. O potencial desse oceano de dados, no entanto, seria proporcional à capacidade de organização, processamento e integração dessas informações.

As principais economias mundiais revezaram o favoritismo na corrida por uma nova geração de tecnologia capaz de extrair valor máximo dessa imensidão digital. A China abriu larga vantagem ao construir e testar, em 2018, a primeira rede de infraestrutura 5G do mundo. Em parceria com o governo, a China Mobile – maior operadora de telefonia móvel do país – equipou mais de dez quilômetros de rodovias públicas com torres de transmissão e processamento, capazes de estabelecer comunicação sem fio com veículos autônomos.

 

Leia mais

 

 

 

2020-07-31T18:01:33-03:00